Nilmar marca, mas Getafe vence fora e complica Villarreal

Villarreal e Getafe entraram em campo na partida que encerrou a 27ª rodada do Campeonato Espanhol, no El Madrigal, precisando da vitória para se afastaram das últimas posições e ganharem fôlego para evitar o rebaixamento. O atacante Nilmar marcou em cobrança de pênalti, mas não evitou o revés para o time do sul de Madri por 2 a 1, nesta segunda-feira. Diego Castro e Casquero anotaram os gols da equipe visitante.

Com o triunfo, o Getafe chega aos 32 pontos e pula para o 12º lugar da competição. Assim, a equipe comandada pelo técnico Luis García abre oito pontos de vantagem para o Racing Santander, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Já o Villarreal está em 17º lugar com 27 pontos, apenas três acima dos lugares de degola do Campeonato Espanhol.

E após perder o confronto direto em seus domínios, o Villarreal terá um confronto delicado na próxima rodada. A equipe viaja até a capital da Comunidade Valenciana para encarar o Levante, domingo, às 8h (de Brasília), no Ciutat de Valencia. O adversário briga por vaga na Liga dos Campeões e vem de derrota para o Málaga.

Para abrir mais vantagem para as equipes que ocupam os últimos lugares da tabela de classificação e se aproximar dos times que brigam por vagas em competições europeias, o Getafe terá pela frente a Real Sociedad no sábado, às 14h (de Brasília), no sábado. O time basco também busca se firmar, pelo menos, no meio da classificação.

Mesmo jogando fora de casa, o Getafe se impôs sobre o adversário e precisou de cinco minutos de partida para abrir o marcador. Barrada avançou pelo lado direito do ataque e tocou para Miku. O venezuelano dominou e serviu Diego Castro, que recebeu livre e arrematou na saída de Diego López para colocar o clube do sul de Madri em vantagem no placar do El Madrigal.

O Villarreal partiu para cima e o goleiro Moyá evitou o empate aos 16min. Nilmar recebeu passe nas costas da marcação, mas a finalização saiu mascada para o goleiro adversário defender a bola. Porém, no minuto seguinte, Míchel derrubou Jaume Costa na área e o árbitro andaluz Pérez Montero assinalou pênalti. Borja Valero cobrou firme no meio do gol e meia altura esperando que Moyá escolhesse um canto, mas o arqueiro do Getafe ficou parado no meio e defendeu a cobrança do meia do time da casa.

Os donos da casa continuaram pressionando e o brasileiro naturalizado espanhol Marcos Senna desperdiçou grande chance aos 36min. O volante arriscou de fora da área e a bola bateu na trave. Mas aos 44min o Villarreal conseguiu chegar ao empate. Cata Díaz furou na área, Nilmar aproveitou e dominou na área, mas o zagueiro argentino acabou cometendo o pênalti. O próprio atacante brasileiro chamou a responsabilidade e converteu a infração.

O Villarreal continuou com a posse de bola durante o segundo tempo, porém, foi o Getafe que balançou as redes do El Madrigal. Aos 27min, Diego Castro conseguiu evitar saída de bola pela linha de fundo já na área adversário. O meia-atacante tocou para Pedro León que apenas rolou para Barrada se antecipar a Diego López e marcar o segundo gol da equipe visitante de carrinho. Os donos da casa pressionaram até o final, mas não evitaram mais uma derrota no Campeonato Espanhol.