"Prioridade do Brasil é ganhar a Copa, não organizá-la", diz Jérôme Valcke

"As coisas não estão funcionando no Brasil. Muitas coisas estão atrasadas", a declaração do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, nesta sexta-feira(2), na Inglaterra reacendeu o debate sobre o andamento das obras para a Copa do Mundo de 2014.

Valcke criticou ainda a falta de entusiasmo por parte dos políticos brasileiros, que, segundo o francês, não apoiam o andamento de obras referentes aos estádios e mobilidade urbana.

"Acho que a prioridade do Brasil é ganhar o Mundial. Não creio que seja organizar a Copa do Mundo", atacou.

Não é de hoje que Valcke vive às turras com as autoridades brasileiras. Em um último comunicado publicado no site da Fifa, o secretário pediu rapidez com a aprovação da Lei Geral da Copa.

Com ressalvas, a lei foi aprovada na última terça, mas anulada um dia depois. A nova votação acontece na próxima terça-feira.

Com informações do Portal Terra