Depois do rival, Atlético-MG negocia com administradora do Mineirão 

Um dia após o rival Cruzeiro começar a negociação para jogar no Mineirão a partir de 2013, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, também se reuniu com representantes da Minas Arena, vencedora da licitação para administrar o estádio.

O mandatário explica que a proposta para os dois clubes é muito semelhante e começou a ser estudado pelo Atlético-MG.

"Foi uma reunião muito boa. O Mineirão está ficando uma beleza. É só para avisar para todo mundo que não tem briga, não tem nada. E a mesma proposta que será feita para Atlético-MG e Cruzeiro. Cada clube vai estudar a sua proposta. Estamos andando juntos, olhando nossas casas e interesses", destaca Alexandre Kalil.

Apesar de ter firmado um contrato comercial com a BWA, administradora do Independência, o presidente do Atlético-MG aproveita para cutucar o rival Cruzeiro.

"A torcida do Atlético pode ver o Mineirão como uma casa viável para o Atlético. A Minas Arena precisa viabilizar com os grandes time para que o Mineirão seja rentável. E ninguém abre mão da maior torcida do mundo. Você pode abrir mão da melhor, mas não da maior", completa.

"Conheci o pessoal da Minas Arena e eles mostraram o interesse em contar com a maior torcida de Minas. Um estádio só é pouco para a maior torcida de minas, então vamos negociar para ter os dois estádios para a torcida do Atlético, que é a maior de Minas", finaliza.

Os clubes de Belo Horizonte estão sem estádio na capital mineira desde 2009. O prazo estipulado pelo Governo de Minas Gerais para o término das obras na nova Arena Independência é para o fim de março. Já o Mineirão deverá ser liberado para receber partidas oficiais no início de 2013.