Atlético-PR aguarda parcela do BNDES para dar continuidade a obras 

O Atlético-PR está na fase final de retirada de cadeiras e do telhado da Arena da Baixada e está no aguardo pelos recursos do empréstimo junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) para dar continuidade nas obras de readequação do estádio.

A expectativa é de que a primeira parcela dos R$ 123 milhões seja liberada ainda em março. O pedido do clube ainda está em análise. O empréstimo é feito via Agência de Fomentos do Paraná, uma vez que o BNDES não financia clubes de futebol.

Ao todo, a reforma na Arena da Baixada custará R$ 187 milhões. Além dos R$ 123 milhões que estão sendo tomado de empréstimo, o clube ainda terá de buscar recursos para cobrir o restante dos valores.