Em comunicado, Suárez pede desculpas por não cumprimentar Evra  

Após se envolver novamente em polêmica por rejeitar apertar a mão do lateral esquerdo Patrice Evra antes do clássico entre Liverpool e Manchester United do último sábado, o atacante uruguaio Luis Suárez pediu desculpas pela atitude adotada. Por meio de um comunicado no site oficial do clube inglês, o jogador afirmou estar arrependido.

"Eu conversei com o meu técnico desde o jogo de ontem em Old Trafford e percebi que existem coisas erradas. Eu não decepcionei apenas ele, mas também o clube que represento. Deveria ter apertado a mão de Patrice Evra antes do jogo e quero pedir desculpas por minhas ações.

No comunicado, Suárez ainda afirma que espera esquecer o episódio e se concentrar apenas nos próximos jogos do Liverpool.

"Eu gostaria de deixar essa questão de lado e me concentrar apenas em jogar futebol", encerrou.