Lotus lidera manhã de estreia de Bruno Senna

Assim como havia ocorrido na última segunda-feira, no primeiro dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1 de Jerez de la Frontera, uma Lotus voltou a andar na frente no circuito espanhol. O francês Romain Grosjean liderou a manhã desta quinta-feira, que foi marcada pela estreia do brasileiro Bruno Senna na Williams, pelo pequeno acidente de Jules Bianchi na Force India e pelos problemas hidráulicos da Ferrari de Fernando Alonso.

Grosjean dominou o pelotão com 1min18s419, o melhor tempo da semana até aqui. Na terça, o finlandês Kimi Raikkonen, também com a nova Lotus, havia liderado com 1min19s670; na quarta, o alemão Michael Schumacher, a bordo do modelo de 2011 da Mercedes, tinha sido o mais rápido com 1min18s561.

O tempo do francês, atual campeão da GP2 e piloto da Renault na temporada de 2009, impressiona ainda mais porque segundo a Lotus ele utilizou pneus médios - enquanto que alguns dos rivais trabalharam com compostos médios. No Twitter, a Lotus não conseguiu conter a empolgação nesta manhã com frases como "bom trabalho, Romain" e "está parecendo bom".

O segundo colocado até as 12h locais (9h de Brasília) era o inglês Lewis Hamilton, que estreia a bordo da nova McLaren. Ele anotou 1min19s727, superando o melhor tempo que seu parceiro, Jenson Button, havia obtido ao longo dos dois últimos dias (1min20s688).

Outra estrela que iniciou os trabalhos com o carro de 2012 nesta quinta foi Sebastian Vettel. Marcando 1min20s154, o alemão foi o quinto colocado na primeira parte dos trabalhos, ainda longe do ritmo imposto pelo australiano Mark Webber no dia anterior (1min19s184). À frente do atual bicampeão mundial apareceram o francês Jean-Éric Vergne, um dos novatos da temporada da F1 a bordo da Toro Rosso, e do mexicano Sergio Pérez, da Sauber.

Em sétimo, Bruno Senna inicia trajetória pela Williams; Ferrari sofre

O único brasileiro na pista nesta quinta é Bruno Senna. Estreante pela Williams, ele havia feito 29 voltas até as 9h (de Brasília), a melhor em 1min21s978. Nos últimos dois dias, o venezuelano Pastor Maldonado foi quem comandou o FW34 - sua melhor marca foi 1min21s197.

Responsável por estrear o F2012, novo modelo da Ferrari, Felipe Massa cedeu espaço a Fernando Alonso desta vez. Rapidamente o espanhol sofreu com problemas hidráulicos no carro e, após ficar muito tempo nos boxes, foi o piloto que menos fez voltas na primeira parte dos trabalhos: apenas 14, a melhor em 1min22s712, suficiente apenas para colocá-lo na oitava posição. O tempo mais rápido de Massa como o novo equipamento ferrarista foi de 1min20s454, na quarta-feira.

Os outros corredores que estão trabalhando na terceira e penúltima jornada em Jerez são o alemão Nico Rosberg, quinto colocado pela manhã com a Mercedes antiga - a equipe só exibe o novo modelo a partir dos testes de Barcelona, em 21 de fevereiro - e o holandês Giedo Van der Garde, 26 anos. Este é reserva da Caterham e recebeu uma oportunidade no time do finlandês Heikki Kovalainen e do italiano Jarno Trulli, ficando por enquanto com o nono lugar.