Alonso admite carro "diferente", mas promete colocá-lo no pódio

O novo modelo da Ferrari para 2012, que provocou rejeição de vários fãs por conta do degrau no nariz do carro, causou estranheza até em Fernando Alonso. Mesmo comedido, o espanhol admitiu que o design do F2012 - adotado para se adequar à nova regra de altura máxima do bico - não é convencional e mudou bastante em relação aos anteriores.

"Ele está bem diferente do que temos visto nos últimos dois anos", reconheceu Alonso, sem se alongar no assunto. Em comunicado oficial, a própria Ferrari reconheceu que o novo formato dianteiro "não é esteticamente agradável".

Independentemente da aparência do carro, o piloto espanhol prometeu durante o lançamento levar o F2012 às primeiras posições em todas as corridas. "É minha terceira temporada na Ferrari, e quero ser excelente. Claro que vai ser muito competitivo, mas queremos carros vermelhos no pódio. Tenho certeza de que iremos bem neste ano", projetou.