Botafogo abusa do chuveirinho e empata novamente no Campeonato Carioca

O Botafogo novamente jogou muito mal e, sem organização para buscar o resultado, ficou em um empate por 2 a 2 contra o Madureira, pela terceira rodada da Taça Guanabara. Com o tropeço, o Alvinegro soma apenas 5 pontos dos 9 possíveis e entará pressionado no seu próximo compromisso, um clássico contra o Flamengo, neste domingo.

O Botafogo começou mal a partida e, depois de esboçar uma pressão nos primeiros quinze minutos, foi completamente dominado pelo Tricolor Suburbano, que poderia ter aberto o placar com Maciel, em gol legal anulado pelo bandeirinha. Mas os donos da casa logo abriram o placar: Bill, ex-lateral do Botafogo, cobrou falta na área e Thiago Soares fez de cabeça.

No segundo tempo, Oswaldo de Oliveira tirou Elkeson e Lucas Zen, que vinham muito mal, e colocou Herrera e Lucas. O Botafogo passou a pressionar o adversário, apesar da desorganização. Abusando dos cruzamentos na área, o time irritou os torcedores que compareceram a Conselheiro Galvão.

 Aos 27 minutos, o panorama começou a mudar com a saída de Maicosuel, que deu lugar a Caio. O Talismã Alvinegro entrou com bastante vontade e, apenas um minuto depois, foi derrubado na área por Gilson. Pênalti que Herrera converteu para empatar.

O Botafogo seguiu no abafa e conseguiu o gol da virada justamente em uma bola aérea. Renato levantou na área ainda na intermediária, Rodrigo se embolou com Loco Abreu e acabou cabeceando contra o próprio patrimônio: 2 a 1 para o Glorioso, aos 40 minutos do segundo tempo.

Mas quem pensou que o jogo tinha acabado estava muito enganado. Em um contra-ataque fatal, o Madureira empatou em sua única finalização na segunda etapa. Rodrigo se redimiu ao carregar e encontrar Alex, completamente livre, para marcar de cabeça, aos 45.