Philippe Coutinho disse que Olímpiada pesou em mudança para futebol espanhol

Após treinar sob as ordens do técnico Maurício Pochettino, na manhã desta quarta-feira, o meio-campista Philippe Coutinho foi apresentado oficialmente como reforço do Espanyol no Estádio Cornella-El Prat. O brasileiro foi cedido por empréstimo pela Inter de Milão ao clube catalão até o final desta temporada.

Ao lado do outro reforço da equipe espanhola, o atacante nigeriano Kalu Uche (trazido junto ao Neuchatel Xamax, da Suíça), Coutinho disse que aceitou rapidamente a proposta de atuar com mais continuidade fora da Inter, onde era usado como reserva da equipe do técnico Cláudio Ranieri. A ida do jovem para a Espanha também visa para que o jogador continue como opção do técnico Mano Menezes dos convocáveis que disputarão os Jogos Olímpicos de Londres, neste ano.

"Meu objetivo é participar dos Jogos Olímpicos e sei que tenho que dispor de minutos (em campo)", afirmou ao site oficial do novo time.

Além de atuar com mais regularidade, o meia explicou que a decisão pelo futebol espanhol está ligado ao estilo de jogo, semelhante ao jogado no Brasil e com o qual ainda ele está mais familiarizado.

"Há quatro ou cinco dias começamos a falar e aceitei rapidamente (a proposta) porque meu estilo se adapta bem ao tipo de jogo que faz o Espanyol e ao tipo de jogo que se faz na Espanha, parecido com o do Brasil", explicou o ex-vascaíno, de 19 anos, que disse esperar responder a confiança da equipe com gols e assistências.