Scheidt e Prada retomam a liderança do ranking mundial da classe Star

Os velejadores Robert Scheidt e Bruno Prada retomaram a liderança do ranking mundial da classe Star. De acordo com a relação divulgada na quarta-feira (11/1) pela Federação Internacional de Vela (Isaf), Scheidt e Prada somam 4.646 pontos, à frente dos italianos Diego Negri e Ferdinando Colaninno (4.524) e dos noruegueses Eivind Melleby e Petter Morland Pedersen (4.518). 

Scheidt e Prada se mantiveram na primeira posição de julho de 2010 a novembro de 2011. No mês seguinte, passaram para o segundo lugar, já que não disputaram o Campeonato Europeu de Vela, e agora voltaram à ponta depois de conquistar o título mundial em Perth, na Austrália.

"A retomada da liderança mundial, neste mês, e a manutenção da posição por dezessete meses refletem o nosso ótimo momento. Fizemos uma temporada perfeita, em 2011. Com o título mundial, era natural que a gente voltasse à ponta", comemora Prada. A dupla venceu 11 das 13 competições de 2011 - cinco delas por antecipação. Com a conquista do bicampeonato mundial em Perth, Scheidt e Prada ainda classificaram a Star do Brasil para os Jogos de Londres/2012.

Nesta temporada, o primeiro desafio de Scheidt e Prada é a Rolex Miami OCR (etapa da Copa do Mundo), de 22 a 28 de janeiro, em Miami, nos Estados Unidos. Na sequência, a dupla volta ao Brasil para a disputa da Seletiva Olímpica de Búzios, no Rio de Janeiro, de 2 a 12 de fevereiro, onde buscará a vaga para a Olimpíada de Londres - com a vitória na Austrália, a parceria soma um ponto, e se vencer em Búzios ganha mais um ponto, garantindo a participação nos Jogos. 

Robert Scheidt tem patrocínio do Banco do Brasil, Prada e Rolex. Robert Scheidt e Bruno Prada têm o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Vela e Motor.