Neymar ganha 2 votos de melhor do mundo: do Burundi e do Camboja  

A temporada de Neymar em 2011 impressionou o capitão da seleção do Burundi, Nahayo, e o jornalista Ung Chamroeun, do Camboja. Os dois eleitores do prêmio Bola de Ouro votaram no santista como melhor jogador do mundo.

A lista de votos divulgada pela Fifa ao final da festa realizada nesta segunda-feira, em Zurique, tem ainda outras curiosidades. O mesmo capitão que escolheu Neymar para o primeiro lugar votou em Abidal e Benzema na sequência das posições.

O técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, colocou em ordem de preferência Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar. Já o capitão Thiago Silva optou pelo jogador do Real Madrid para o primeiro lugar e manteve o santista em terceiro.

Outro brasileiro entre os votantes ao prêmio teve a mesma opção de Mano Menezes: o jornalista e narrador da Rede Globo, Cléber Machado. Já o técnico Sebastião Lazaroni, demitido recentemente pelo Catar, preferiu, na ordem, Messi, Neymar e Iniesta.

Morto em novembro deste ano, o ex-técnico do País de Gales, Gary Speed, também votou na eleição divulgada nesta segunda-feira. O antigo comandante, que se suicidou em 27/11, elegeu Lionel Messi em primeiro; Xavi, em segundo; e Andrés Iniesta, em terceiro.

Curiosa também é a seleção do tricampeão da Bola de Ouro. O argentino preteriu Cristiano Ronaldo, segundo colocado no prêmio de hoje, aos amigos Xavi, Iniesta e Agüero, nesta sequência.

Veja outros votos curiosos:

John Terry (capitão da Inglaterra) - 1: Xavi, 2: Messi, 3: Rooney Nuno Gomes (capitão de Portugal) - 1: Cristiano Ronaldo, 2: Nani, 3: Neymar Hiroaki Matsuyama (técnico de Butão) - 1: Andrés Iniesta, 2: Thomas Müller, 3: Neymar José Antonio Camacho (técnico da China) - 1: Iker Casillas, 2: Xavi e 3: Iniesta Ruben Israel (técnico do El Salvador) - 1: Diego Forlán, 2: Messi, 3: Luis Suárez Jamal Mahmoud (técnico da Palestina) - 1: Iker Casillas, 2: Wesley Sneijder e 3: Thomas Müller Francisco Arce (técnico do Paraguai) - 1: Lionel Messi, 2: Mezut Özil e 3: Cristiano Ronaldo