Leonardo ironiza e diz que Maradona está atrás de Pelé e Messi

As declarações de Diego Maradona chamando Leonardo de "petroleiro", de "traidor" e de "bajulador" não passaram em branco pelo brasileiro. Nesta segunda-feira, o atual diretor esportivo do Paris Saint-Germain ironizou o argentino e se disse "contente" pelo fato de o "terceiro melhor jogador de todos os tempos falar" publicamente sobre o clube da capital da França.

De acordo com o jornal esportivo francês L'Equipe, Leonardo afirmou em primeiro lugar, em tom de ironia, que Maradona "tem razão" nas críticas, visto que o próprio brasileiro não consegue compreender a si mesmo. Na sequência, definiu-se "contente" porque seu nome e o do PSG foram citados pelo "segundo ou terceiro melhor jogador de todos os tempos atrás de Pelé e (Lionel) Messi".

A polêmica entre os ex-atletas começou no último domingo, quando o argentino atacou o brasileiro em entrevista à emissora francesa Canal +: "não entendo bem Leonardo. Também não entendi quando ele passou do Milan à Inter (de Milão), e entendo menos ainda o que ele faz no PSG. Não sei se ele é jogador, treinador ou petroleiro. Isso prova que, no futebol, quando se sabe fazer lobby, você colhe os frutos".

Leonardo, 42 anos, começou a carreira como lateral esquerdo do Flamengo. Depois, passaria ao meio-campo e atuaria ainda por São Paulo, Kashima Antlers, PSG, Milan e Seleção Brasileira. Depois de ser dirigente do clube rubro-negro italiano, assumiu como técnico do próprio time na temporada de 2009/10. Demitido, assumiria o comando da arquirrival Inter de Milão na sequência.

Desde julho de 2011 ele é dirigente esportivo do PSG, que no ano passado foi comprado pelo grupo de investimento Qatar Investment Authority. Os árabes têm colocado muito dinheiro no clube e no fim de dezembro tornaram, segundo a imprensa local, o italiano Carlo Ancelotti no treinador mais bem pago da história da França - ele receberia aproximadamente 7 milhões de euros (R$ 16,5 milhões) anuais. A equipe é a atual líder do Campeonato Francês com 40 pontos em 19 rodadas.