Em comunicado, Williams oficializa saída de Patrick Head

A Williams oficializou neste sábado, por meio de um comunicado à imprensa, a saída de Patrick Head. O inglês, um dos fundadores da equipe, ocupava o cargo de diretor de engenharia, e havia anunciado em novembro que iria deixar o posto.

Em mais de três décadas chefiando o departamento de engenharia da Williams, Patrick Head acompanhou 113 vitórias do time, conquistando nove vezes o Mundial de construtores e sete vezes o Mundial de pilotos. Ele foi o projetista do carro de Ayrton Senna para a temporada 1994.

Apesar de deixar o quadro de diretores da Williams, Patrick Head se manterá próximo do time, uma vez que seguirá integrando o Williams Hybrid Power Limited, uma subsidiária da Williams Grand Prix Holdings PLC que trabalha no desenvolvimento de tecnologias.

"Patrick e eu somos parceiros há 34 anos. Durante este período, ele tem sido o líder de uma equipe técnica que conquistou a maioria de nossas vitórias e campeonatos. Este é um legado memorável, que não será esquecido", disse Frank Williams, chefe de equipe, que foi além.

"Patrick é um engenheiro trabalhador, que certamente trabalha entre os melhores do mundo. Sentirei muito sua falta, assim como sei que os colegas sentirão, e ele será sempre bem-vindo a Grove (sede da equipe). De fato, ele ainda estará próximo à fábrica, uma vez que seguirá seu envolvimento com o desenvolvimento de nossas atividades híbridas", completou.

Ainda na nota, a Williams desejou a Patrick Head "o melhor em suas futuras atividades", e disse dever muito ao engenheiro "por seus serviços nos últimos 34 anos".