Inspirado em Sheik, corintiano mira Copa São Paulo e depois Libertadores

Rápido, habilidoso e driblador, atua aberto pela ponta esquerda com a camisa do Corinthians. A descrição de Emerson Sheik, campeão brasileiro recentemente na equipe comandada por Tite, também se encaixa perfeitamente a Paulinho. Uma das promessas do clube para a Copa São Paulo, ele tem 18 anos e objetivos definidos para o próximo ano.

"O jogador que gosto e me inspiro é mesmo o Sheik. Gosto muito dele e temos o estilo parecido, de driblar mesmo", conta Paulinho, que já realizou treinamentos no elenco profissional em 2011. No último Campeonato Paulista Sub-20, o Corinthians teve queda prematura contra o São Paulo, nas quartas de final. Ele foi um dos artilheiros corintianos ao lado de Douglas, ambos com sete gols.

"Depois que o Narciso chegou, tenho jogado muito leve, solto, e sinto que meu futebol tem aumentado", elogia Paulinho em referência ao novo treinador. "Ele dá moral ao grupo. Para mim tem sido muito importante". Morador de São Paulo, o atacante está no Corinthians há mais de uma década. "Cheguei aqui aos sete", conta.

No fatídico jogo da eliminação no Paulista Sub-20, Paulinho deixou o campo contundido, o que deve custar sua participação no começo da Copa São Paulo. Em treinamentos, ele tem sido utilizado com cautela e quase sempre entre os reservas. "Foi uma lesão muito rara no adutor. Descolou o músculo, mas já está melhor com o tratamento. O plano é jogar o segundo ou o terceiro jogo". O também atacante Buba deve ser seu substituto.

Questionado sobre seus objetivos para o próximo ano, Paulinho é bem direto. "É fazer uma grande Copa São Paulo para tentar subir ao profissional e jogar na Libertadores". A concorrência, entretanto, é enorme no elenco de Tite: Jorge Henrique, Willian, Emerson, Gilsinho, Liedson e Adriano compõem o ataque. Elton também deve chegar do Vasco.