Animado para 2012, Roger admite adiar aposentadoria

A temporada de 2012 ainda nem começou para o Cruzeiro, mas Roger já mostra empolgação com o clube mineiro. Embora tenha dito anteriormente que pretendia encerrar a carreira em dezembro próximo, o jogador, 33 anos, já admite postergar essa data caso tenha um bom ano dentro das quatro linhas.

"Eu sou um jogador que me cuido muito, tenho uma vida regrada fora de campo. Se não sofrer lesão grave como não aconteceu esse ano, posso até jogar por mais tempo", afirmou o meia, em entrevista à Rádio Globo Minas. Roger atualmente passa férias no Rio de Janeiro com a mulher, a atriz Débora Secco, e com a filha, de um relacionamento anterior.

Quanto à possível saída do companheiro Montillo, pretendido por Corinthians e São Paulo, Roger torce para a permanência do argentino. Contudo, o cruzeirense destaca que o mais importante é a felicidade do colega.

"Sou atleta, sei o que passa na cabeça do jogador", comentou. "Sou amigo do Montillo, estou no Cruzeiro e torço para que ele fique, mas tem de ver o que o atleta pensa sobre isso, tem de se preocupar com a vontade dele, para que não fique insatisfeito. Mas torço para que fique", repetiu.

Apesar das saídas de três volantes titulares (Fabrício, Marquinhos Paraná e Charles) do Cruzeiro, Roger confia que o clube vai voltar a disputar títulos importantes em 2012, depois de um final complicado de temporada neste ano.

"Estou um pouco por fora, mas sei que perdemos o Fabrício, o Charles e o Marquinhos Paraná. Perdemos os três do meio de campo, que jogavam comigo, Montillo e Leandro Guerreiro. Eles formavam a base titular, mas chegarão outros reforços", completou.