Grêmio terá resposta por Carlos Eduardo até janeiro 

O Grêmio não jogou a toalha na tentativa de acertar com o meia-atacante Carlos Eduardo, revelado pelo próprio clube gaúcho e que está no Rubin Kazan, da Rússia. Segundo o diretor-executivo, Paulo Pelaipe, o time de Porto Alegre terá uma resposta até o começo de janeiro.

Desde o começo do mês o Grêmio tenta repatriar o jogador, mas os russos não estavam dispostos a liberá-lo. Contudo, nos últimos dias, as negociações avançaram e o clube tricolor ficou otimista. O time gaúcho tenta um empréstimo de um ano de Carlos Eduardo.

O próprio jogador já disse que deseja voltar ao Brasil e estaria pressionando os dirigentes do Rubin Kazan a negociá-lo com o Grêmio. Carlos Eduardo está tentando prorrogar o contrato com o clube russo por mais um ano e meio e, em troca, ser liberado para atuar no Brasil por uma temporada.

O elenco gremista se reapresenta em 4 de janeiro e a intenção da diretoria é dar ao técnico Caio Júnior a equipe já fechada para a pré-temporada.