Diretoria do Atlético-MG desconversa sobre reunião com Danilinho

Uma reunião entre o meia-atacante do Danilinho, representantes do jogador e a diretoria do Atlético-MG estava marcada para esta segunda-feira. Durante todo o dia, o atleta e o empresário estiveram incomunicáveis. Já o diretor de futebol do clube, Eduardo Maluf, foi localizado, mas pouco falou. O dirigente não confirmou sequer interesse na contratação e desconversou sobre um possível encontro com Danilinho.

"Olha, o Atlético-MG mantém a postura de não comentar sobre negociações. O Danilinho abriu para vocês o desejo de jogar no Atlético e que existia essa possibilidade. Eu só posso dizer que não há qualquer definição quanto à contratação desse jogador pelo Atlético-MG", comentou Maluf.

Danilinho está em Belo Horizonte, onde tem uma casa em que mora a esposa. Depois de quatro anos no México, o jogador quer voltar para o Brasil para ficar mais perto da família e para ter mais chances de ser convocado pela Seleção Brasileira. O atleta foi campeão mundial sub-20 pelo Brasil antes de se transferir para o exterior.

Hoje com 24 anos, o apoiador pertence ao Tigres, atual campeão mexicano. Principal jogador da equipe, recebeu a garantia do presidente de que seria liberado para uma negociação caso o time conquistasse o título. O dirigente está cumprindo com a palavra e, após pedido de Danilinho, aceitou reduzir o valor de uma transferência de U$8 milhões para U$6,5 milhões.

No entanto, o Tigres deu um prazo até esta quarta-feira para o jogador definir a situação. Caso Danilinho não acerte com o Atlético-MG ou outro clube brasileiro, terá de se reapresentar no México no início de janeiro.