Paulo Baier chora após rebaixamento do Atlético-PR e aponta erros

Paulo Baier deixou a Arena da Baixada abatido e em prantos com a confirmação do rebaixamento do Atlético-PR. Um dos jogadores mais importantes do clube, o meia não fugiu à culpa, mas apontou outros erros e outras pessoas também responsáveis pelo fracasso.

Para ele, apenas a torcida pode ser isentada de qualquer falha. Até mesmo pelo apoio dado nas arquibancadas, que mesmo com o time rebaixado continuou empurrando a equipe. A ajuda surtiu efeito e, como consolo, o Atlético derrotou o Coritiba, tirou o rival da Copa Libertadores e encerrou um jejum de três anos sem vencer um clássico.

"Faltou planejamento desde o início, tivemos muitas trocas de treinadores. A responsabilidade é de todo mundo e não só de quem ficou aqui até o último jogo. O único que a gente pode isentar é o nosso torcedor", disse Baier.

O capitão também não poupou os jogadores que deixaram o clube antes do final do Campeonato Brasileiro. Para ele, todos têm sua parcela de culpa.