Com camisas do Palmeiras, último treino do Vasco vira festa para 2 mil

Cerca de dois mil torcedores vascaínos compareceram ao último treino da equipe na temporada, neste sábado, em São Januário. O público presente transformou a atividade em festa com direito a bandeirões, cantos de apoio à equipe e até incentivos ao Palmeiras. Em meio à torcida do Vasco, diversas camisas palmeirenses podiam ser vistas, o que ratifica a união entre os dois clubes.

As torcidas de Vasco e Palmeiras são aliadas há um bom tempo, sobretudo as facções organizadas Mancha Alviverde e Força Jovem. Em comum, está o fato de ter o Corinthians e a Gaviões da Fiel como adversários. No último jogo entre Corinthians e Vasco, em São Januário, a facção corintiana acusou os vascaínos de terem disparado tiros contra o ônibus da equipe a caminho do estádio.

Em campo neste sábado, a atividade transcorreu em enorme clima de animação, o que veio das arquibancadas e se repetiu entre os jogadores. Em um mero treino de campo reduzido, gols foram festejados pelos torcedores e até os atletas, no último treinamento da temporada, celebraram com a tradicional comemoração do "Trem Bala da Colina".

Só nesta semana, é a terceira manifestação de amor da torcida ao time. Na quinta-feira, o elenco foi recepcionado com festa e tumulto no aeroporto na chegada ao Rio de Janeiro depois de eliminação na Copa Sul-Americana. Na sexta à tarde, um improvável público de quase 500 torcedores compareceu ao treino em São Januário. "Isso se transforma em combustível e a gente recebe de coração", afirmou Cristóvão Borges, treinador.

Com 68 pontos, o Vasco depende justamente de seu aliado Palmeiras para tentar tirar o título brasileiro do Corinthians, que lidera com 70 e tem clássico contra os palmeirenses no domingo. Os vascaínos pegam o Flamengo no Engenhão e só vale vitória para buscar a taça.