Liedson assume liderança do Corinthians na reta final

A condição física não permite que Adriano seja titular absoluto no Corinthians. Emerson, contratado para a temporada 2011, fez um ano irregular - e justamente quando se firmava na equipe com boas atuações, foi suspenso e desfalcará o time na última rodada do Campeonato Brasileiro. Por isso, cabe a outro experiente atacante o papel de líder da equipe entre os mais jovens: Liedson, 33 anos.

O jogador admite exercer um papel de liderança no elenco "pela idade, pela experiência". No entanto, em meio aos elogios dos companheiros ao grupo unido, o camisa 9 distribuiu a tarefa. "Acho que todo mundo tem um pouco de responsabilidade", explicou.

"Acho que o que nos levou a essa possibilidade de disputar o título é a união do grupo, é todos puxarem para o mesmo lado. Isso é fator fundamental para que o Corinthians pudesse chegar ao final do ano podendo ser campeão", disse.

Em sua segunda passagem pelo clube, Liedson espera conquistar mais um título de expressão. Campeão paulista em 2003, o atacante - que acumula passagens por Coritiba, Flamengo e Sporting Lisboa - rechaça o posto de ídolo, mas identifica o carinho dos torcedores com ele.

"O que eu sinto é que o pessoal tem muito carinho por mim, gosta de mim. Vou à rua e as pessoas sempre dizem coisas boas de mim. Mas não me sinto ídolo. Me sinto como um jogador que tenta ajudar o time", explicou. "Entrosei fácil com o pessoal, o grupo é maravilhoso, não tive problema nenhum. Acho que é o primeiro clube que passei que termina o ano e não tive problema nenhum", completou.