De olho na Libertadores, Dorival fecha o treinamento do Inter

O técnico Dorival Júnior surpreendeu e fechou o treino do Inter para a imprensa e torcedores na tarde desta quinta-feira, no estádio Beira-Rio. Na ultima terça-feira, durante a sua entrevista coletiva, o treinador disse que não tinha o costume de fechar treinamento e esconder escalação, independente se o jogo fosse um clássico decisivo ou não, ao contrário do técnico gremista Celso Roth, que não abriu as portas das atividades no Grêmio nesta quinta-feira e não vai fazê-lo também o treino desta sexta-feira.

"Eu tenho essa forma de levar o meu trabalho, desde o primeiro clube por onde passei. Jamais escondi. Alguns treinadores se sentem bem fazendo isso, eu respeito. A maior arma de um time é o dia, o treinamento. Ele usa de um artifício e eu de outro. São posturas diferentes, mas com o mesmo objetivo", disse o técnico colorado Dorival Júnior na coletiva de terça.

Os jornalistas só tiveram acesso ao gramado durante o aquecimento dos jogadores. O meia D'Alessandro, o lateral direito Nei e o lateral esquerdo Kleber, que ontem ficaram realizando tratamento no departamento médico, estavam participando normalmente. O único que não subiu para o gramado foi o volante Guiñazu, que ainda se recupera de uma gripe mas, segundo os médicos do Inter, o volante deve atuar normalmente no Gre-Nal.