Parapan: Brasil tem dia de promessas, estreias e clássicos em Guadalajara

Depois de dois dias de competições nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara com direito a 10 medalhas de ouro de um total de 30 (outras nove de prata e 11 de bronze) o Brasil terá a terça-feira com mais promessas de pódios, além de estreias e clássicos. Por todo o dia, 47 medalhas de ouro serão distribuídas no evento e o Brasil participa de boa parte dessas disputas.

Enquanto no atletismo, os brasileiros estão presentes em 12 finais com boas expectativas de medalhas, na natação, o Brasil só fica de fora de uma competição por medalhas. Grandes nomes caem na piscina, nesta terça-feira, como Clodoaldo Silva, Daniel Dias e Andre Brasil na busca por pódios. O dia também terá briga por ouro no tênis de mesa, ciclismo, tênis em cadeira de rodas e bocha.

Outras disputas embalam o Parapan de Guadalajara. No basquete em cadeira de rodas acontecem dois clássicos entre Brasil e Argentina. Enquanto isso, o vôlei sentado entrará em quadra duas vezes para enfrentar Colômbia e em seguida Costa Rica. Completando os esportes coletivos, o goalball masculino joga contra o Canadá.

O dia também será marcado pelas estreias. O Brasil inicia as disputas no futebol de 5 contra o Uruguai e vão tentar defender o título conquistado no Rio 2007. O tiro com arco também terá o seu início com provas classificatórias no masculino e no feminino.