Messi marca, Argentina vira sobre a Colômbia e ameniza pressão

Questionado pela imprensa do país por conta da exibição contra a Bolívia, Lionel Messi respondeu. Na noite desta terça-feira, o craque do Barcelona comandou a vitória da Argentina pelo placar de 2 a 1, de virada, contra a Colõmbia, em confronto válido pela quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2014. Com um gol do camisa 10, responsável por iniciar a jogada que culminou no tento de Sergio Agüero, o time bicampeão mundial afasta a pressão, nascida depois de dois duelos sem vitórias pelo qualificatório.

Com o resultado positivo depois de derrota para a Venezuela e empate com a Bolívia, a Argentina chegou aos sete pontos e encostou no Uruguai na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas. A equipe do astro do Barcelona, entretanto, permanece na segunda posição por conta do saldo de gols. Já a Colômbia, que teve o desfalque da estrela Radamel Falcao García nesta terça-feira, se mantém com quatro pontos.

A Argentina novamente mostrou-se apática durante a primeira etapa do confronto desta terça-feira. No entanto, diferentemente do confronto diante da Bolívia, quando buscou o ataque, o time alviceleste limitou-se a se defender em Barranquilla. Com Messi isolado no ataque ao lado de Higuaín, a equipe de Alejandro Sabella ficou presa à forte marcação do adversário, que apostou na velocidade, especialmente com Pablo Armero pelo lado esquerdo.

E, justamente por este setor, os donos da casa conseguiram originar o lance de abertura do placar, aos 44min. Em falta da entrada da área, Pabón bateu forte e rasteiro. No meio do caminho, Mascherano tocou na bola e enganou o goleiro Romero, que, traído pela mudança de trajetória, apenas observou o gol colombiano, para festa do público presente no Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

A apática primeira parte dos argentinos afetou o comportamento dos visitantes na segunda etapa. Sabella ousou e tirou Guiñazu, do Internacional, para colocar Sergio Agüero, do Manchester City. Com mais um homem no ataque, Messi teve a liberdade de recuar mais e buscar o jogo. Na armação, o camisa 10 cresceu de rendimento e foi presenteado. Aos 15min, depois de falha da defesa colombiana, o jogador do Barcelona teve apenas o trabalho de tocar para as redes.

O tento anotado por Lionel Messi registrou o domínio argentino durante a segunda etapa. Livre para rodar por todos os setores do campo, o melhor jogador do mundo brilhou e iniciou a jogada que mudou a partida. Aos 39min, o camisa 10 recebeu a bola na intermediária, passou pela marcação e rolou para Higuaín, que chutou para ótima defesa do goleiro Ospina. No rebote, Agüero aproveitou o rebote e definiu a virada para o time de Alejandro Sabella.

Apesar da boa vitória fora de casa, a Argentina encerra 2011 frustrada. Embora tenha sediado a Copa América, a seleção não passou das quartas de final, quando caiu nos pênaltis para o rival Uruguai. A equipe comandada por Alejandro Sabella volta a campo somente no dia 28 de fevereiro do ano que vem, quando disputará um amistoso contra a Suíça.