Caio Jr. lamenta derrota mas elogia esquema tático do Vasco

Com 55 pontos, o Botafogo buscava a vitória para se aproximar da liderança do Campeonato Brasileiro, mas perdeu por 2 a 0 para o Vasco, neste domingo, no Engenhção. O técnico Caio Júnior analisou a partida em entrevista coletiva e deu os méritos ao adversário.

"O jogo teve uma história muito interessante no aspecto tático, o Vasco veio para jogar no contra-ataque, com um losango no meio, três volantes, impedindo subida de Cortês e Lucas. Tivemos um início muito bom e a possibilidade de gol, no lance do Elkeson. Até os 12 minutos estava tudo bem, havia a tendência de se encaminhar para o nosso lado. Surgiu o gol, mudou a história do jogo. Entrou o lado emocional. É muito mais fácil defender ganhando. No segundo tempo, procurei mudar o posicionamento do Herrera, ficar no 4-4-2. Começamos razoavelmente bem. Perdemos uma bola por dentro, saiu o gol do Dedé. A equipe sentiu muito, não é fácil reverter 2 a 0", explicou. 

A preocupação do técnico no momento é recuperar o lado emocional dos jogadores e a confiança do time na reta final. Embora ainda seja possível, Caio Júnior admitiu que o título ficou mais difícil e colocou como meta a vaga na Libertadores.

"Falhamos três vezes na busva pela liderança, a questão do título fica complicada, é hora de focar no objetivo da vaga na Libertadores. O campeonato está eletrizante, cimos o Fluminense perder para o último colocado. Não se definiu título, Libertadores ou rebaixamento, é o melhor campeonato do mundo. Precisamos reagir. O América é um adversário complicado, bem preparado taticamente. Vamos ter que fazer um grande jogo para buscar essa vitória", comenta.

O Botafogo volta aos treinamentos nesta segunda-feira, às 16h, no Engenhão. O próximo adversário é o América-MG, quarta-feira, na Arena do Jacaré. Bruno Tiago está suspenso e Marcelo Mattos é dúvida por causa de dores no joelho direito.

Site do Botafogo