Basquete feminino se recupera com vitória por 81 pontos de vantagem 

Depois de estrear com derrota para o Canadá nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, a Seleção Brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas conseguiu a recuperação. Nesta segunda-feira, a equipe venceu com muita facilidade a Guatemala, abrindo larga vantagem no placar e fechando o jogo com grande tranquilidade: 94 a 13.

As brasileiras abriram 27 pontos de vantagem no primeiro quarto, sem sofrer nenhuma cesta das guatemaltecas, que melhoraram um pouco no período seguinte, marcando cinco pontos. No segundo tempo, a vantagem da Seleção já era enorme e não parou de crescer: ao fim do terceiro quarto, tinha 74 contra 9 das rivais. O jogo terminou com 81 pontos de vantagem.

O destaque da equipe comandada por Wilson Correia foi Lia Maria Soares, cestinha com 25 pontos, além de seis rebotes e duas assistências. Débora Guimarães também foi muito bem, marcando 23 pontos, seis rebotes e seis assistências. Dez das 12 jogadoras do Brasil conseguiram acertar a cesta pelo menos uma vez.

Na equipe da Guatemala, por sua vez, apenas duas jogadoras pontuaram. A melhor delas foi Lillian Chavez, com sete pontos, seguida de Blanca Siguenza, com seis.

A Seleção Brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas volta a atuar nesta terça-feira contra a Argentina, enquanto que, no mesmo dia, as guatemaltecas pegam o Canadá.