Atlético-MG terá que pagar multa para escalar lateral contra Coritiba

Se o Atlético-MG quiser contar com o lateral esquerdo Triguinho na partida diante do Coritiba, terá que pagar multa. O atleta está emprestado gratuitamente pelo clube paranaense, e no contrato consta uma cláusula que exige o pagamento de um valor, não divulgado pela diretoria mineira.

Por enquanto, a presença de Triguinho não está confirmada no jogo de quinta-feira, às 20h30 (Brasilia), em Sete Lagoas. A exemplo do que aconteceu com o volante Pierre às vésperas do confronto diante do Palmeiras, o Atlético-MG deverá se decidir mais próximo da partida.

Na oportunidade, o presidente Alexandre Kalil preferiu pagar a multa de aproximadamente R$ 200 mil para utilizar Pierre. A iniciativa deu certo, e os mineiros venceram o Palmeiras por 2 a 1, na Arena do Jacaré.

Se a cúpula dirigente atleticana optar por não pagamento da multa, o técnico Cuca conta com Eron e Leandro como opções para o setor. O comandante alvinegro já sabe que não poderá contar com o lateral direito Carlos César nem com o meia Daniel Carvalho, ambos suspensos. Por outro lado, o zagueiro Leonardo Silva e o atacante Neto Berola voltam a ficar à disposição para o jogo contra o Coritiba.

Com a derrota para o Figueirense por 2 a 1, o Atlético-MG caiu para a 15ª posição no Campeonato Brasileiro com 39 pontos ganhos. Além do Coritiba, a equipe mineira terá pela frente o Corinthians (fora), Botafogo (casa) além do Cruzeiro, em Sete Lagoas. O mando de clássico, contudo, será do time celeste, que terá acesso total às arquibancadas do jogo da última rodada.