Massa agradece apoio dos chefes e admite ano "muito importante" em 2012

Apesar dos fortes rumores que têm circulado na imprensa internacional de que Felipe Massa seria substituído na temporada que vem, o piloto brasileiro ganhou apoio incondicional dos chefes da Ferrari, que asseguraram sua permanência para o próximo ano, na semana passada. Respaldado, o piloto da Ferrari disse, em entrevista publicada pelo site especializado F1SA, que 2012 será um ano decisivo para seu futuro na escuderia no futuro.

Sem conseguir registrar bons resultados na atual edição do campeonato da Fórmula 1, o brasileiro está na sexta colocação no Mundial, com apenas 98 pontos, e está 129 tentos atrás de seu companheiro na escuderia italiana, Fernando Alonso, que tem 227 e ainda briga pelo vice-campeonato.

O mau desempenho de Massa no ano, refletido em sua baixa pontuação, prejudicou diretamente as chances da Ferrari de brigar pelo título de construtores, que ficou com a Red Bull de forma antecipada. Mesmo assim, o brasileiro teve seu assento na equipe confirmado pelo presidente Luca Di Montezemolo e por Stefano Domenicali, dirigente do time.

Felipe se mostrou muito contente por ter recebido publicamente a confiança do líderes da equipe e aponta que a temporada 2012 será um ano muito importante para a Ferrari e destaca que terá uma importância especial para ele.

Essa deve ser a última oportunidade para o brasileiro mostrar serviço e voltar a ser competitivo no time, já que seu contrato se encerra no final de 2012 e o nome do alemão Nico Rosberg, atualmente na Mercedes, surge com força para ser o próximo companheiro de Alonso.