"Felipe Melo gabonês" vai a treino e ajuda Seleção em amistoso

A cena foi inusitada. Enquanto os jogadores da Seleção Brasileira treinavam no gramado do Estádio Augustin Monedan, em Libreville, sob a orientação do técnico Mano Menezes, um cidadão em especial chamava a atenção nas arquibancadas. Com uma camisa antiga do Brasil e o nome do volante Felipe Melo nas costas, Bekalet Gervais se escorava nos alambrados para ver o time verde e amarelo mais de perto.

O gabonês, que ajuda na organização do transporte e da estadia da Seleção Brasileira, disse que é fã do volante do Galatasaray, que foi tido como o representante principal da era Dunga na campanha da Copa do Mundo de 2010.

Gervais afirmou que sofreu com a expulsão do jogador no duelo diante da Holanda, nas quartas de final do Mundial, quando a equipe brasileira acabou eliminada da competição em solo sul-africano. "Comprei a camisa na África do Sul no ano passado, antes da Copa do Mundo. Fiquei triste quando ele tomou aquele cartão vermelho na Copa do Mundo. Me identifico com ele".

Sem a presença do volante no grupo de Mano Menezes, com quem nunca mais teve oportunidade dentro da Seleção, o gabonês escolheu seu substituto para torcer no time que está no Gabão para o amistoso contra a equipe local. "Gosto do Thiago Silva. Ele é um zagueiro muito sólido", disse Gervais, ainda sem saber que o zagueiro será poupado por Mano Menezes no duelo desta quinta-feira.

Além de Thiago Silva, outro jogador que chama muito a atenção dos gaboneses e não disputará a partida é o lateral Daniel Alves, suspenso pela expulsão diante do México. A Seleção Brasileira irá a campo contra o Gabão com a seguinte formação: Diego Alves, Fábio, David Luiz, Luisão e Adriano; Sandro, Elias, Hernanes e Bruno César; Jonas e Hulk. A partida terá início às 19h (16h horário de Brasília).