Borges explica troca de Grêmio por Santos: "não fui dispensado"

Artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 23 gols, Borges comentou como ocorreu a troca do Grêmio para o Santos no início da temporada. Em entrevista ao canal Sportv, o atacante disse que foi uma honra ter defendido o time tricolor, mas negou ter sido dispensado pela diretoria do seu ex-clube.

"As coisas pioraram depois que eu fui expulso e perdi o pênalti na nossa eliminação da Libertadores (nas oitavas de final, para o Univerdidad Católica, do Chile). As câmeras pegaram eu descendo para o vestiário e eu não estava muito feliz. Depois daquela história, eu pedi para o meu representante ir à Porto Alegre tratar da minha negociação. Não foi verdade que eu fui dispensado. Houve um interesse do Grêmio no Marquinhos, que estava no Santos, e houve uma troca", contou o atacante.