Tevez deve processar técnico do Manchester City

O argentino Carlos Tevez parece ter se cansado de sair como o vilão da história de sua disputa com o Manchester City. Após receber carta do clube, dizendo que ele era o culpado por sua situação, o atacante está, segundo informa o jornal inglês The Sun, pronto para processar o técnico do clube, Roberto Mancini, sob a acusação de difamação.

O treinador da equipe inglesa disse que o jogador recusou uma instrução para se aquecer durante a partida do City contra o Bayern, em Munique, e que posteriormente não quis entrar em campo no duelo, válido pela Liga dos Campeões.

Na noite da última terça-feira, o jogador recebeu uma carta do clube, que dizia: "Você se recusou a acatar uma ordem dada por Roberto Mancini e pelo preparador físico Ivan Carminati para se aquecer e entrar em campo para jogar. Você é culpado por má conduta".

Devido ao incidente, o clube notificou o jogador argentino de que ele será multado em quatro salários semanais, que somam cerca de 800 mil euros (R$ 1,95 milhão).

Apesar disso, o Manchester City promete respeitar o desejo do jogador de não renovar o vínculo com o clube inglês, mas não deve abrir mão de recuperar o valor pago para sua contratação: 40 milhões de euros (R$ 97,6 milhões), o que pode ser complicado, já que ele não tem sido relacionado nem para ficar no banco de reservas nos jogos da equipe.