F1: Tricampeonato de Ayrton Senna completa 20 anos

O tricampeonato de Ayrton Senna colocou o brasileiro definitivamente entre os maiores da história. Numa época em que ficamos mal acostumados a conquistas na F1, Ayrton deu show em 1991. Esse último título do Brasil na categoria completa 20 anos hoje, dia 20 de outubro.

Nem mesmo a aproximação na tabela de Nigel Mansell e sua Williams no meio da temporada ameaçou de verdade o triunfo do brasileiro da McLaren. Logo após o GP da Alemanha, Mansell ficou oito pontos atrás de Senna (a vitória valia dez pontos); o leão vinha de três vitórias seguidas. Na corrida seguinte, na Hungria, a McLaren reagiu e colocou Ayrton no traçado de seu tricampeonato.

A confirmação do título veio mais numa vez em Suzuka. O quinto GP do Japão disputado naquela pista decidia pela quinta vez o mundial de pilotos da Fórmula 1.

Senna chegava ao Japão com 85 pontos e Mansell com 69. Para o inglês, era vencer ou vencer. Para Ayrton, o importante era ficar à frente de Nigel. E o tri começou a se tornar realidade na classificação: Ayrton fechou a primeira fila para a McLaren, enquanto que Mansell estava na terceira posição de largada.

Continue lendo no JBLog Cockpit