Minas e DF mandam governadores à Fifa; SP prepara festa por abertura 

Esperando apenas a confirmação como palco da abertura da Copa do Mundo de 2014, São Paulo prepara festa pelo anúncio nesta quinta-feira enquanto suas "concorrentes" serão representadas por suas principais autoridades estaduais em Zurique. Os governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiróz, e de Minas Gerais, Antonio Anastasia, presenciarão o anúncio do calendário do Mundial marcado para às 13h40 (de Brasília) desta quinta-feira, na sede da Fifa, na cidade suíça.

Apesar da esperança de mineiros e brasilienses de receber a abertura, São Paulo informalmente já tem a informação que receberá a partida inaugural. O governador paulista, Geraldo Alckmin, não viajou para Zurique, mas já confirmou presença em evento no Itaquerão ao lado do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, e do ex-jogador Ronaldo. A cidade será representada em Zurique pelo secretário especial de articulação da Copa de 2014, Gilmar Tadeu.

O evento desta quinta-feira é considerado pela CBF como uma apresentação formal à imprensa do calendário definido com a Fifa para as disputas de 2013 e 2014. Por isso, não são esperadas autoridades do governo federal na Suíça. Ainda assim, representantes de alguns estados já desembarcaram em Zurique. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, que teve seu nome envolvido no escândalo de corrupção no Ministério dos Esportes, chegou hoje ao hotel onde estão hospedados os representantes da Fifa.

Queiroz passou rapidamente pelo saguão. Ele não comentou a informação de que também está sendo investigado por suposto envolvimento no esquema de propinas na pasta que comandou. Mais tarde, em nota oficial, o governador disse que não tem relação alguma com as denúncias feitas contra o atual ministro Orlando Silva. Agnelo é seu antecessor.

Já governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, chega a Zurique entre a noite desta quarta e quinta-feira. Lideranças mineiras ainda nutrem esperanças de ver Belo Horizonte como sede da abertura do Mundial de 2014, mesmo com a confirmação informal de que a partida inicial será realizada em São Paulo, no futuro estádio do Corinthians.

Fifa e CBF vão apresentar amanhã os calendários finais das competições e os locais onde as partidas serão realizadas. As programações foram definidas após mais de 50 versões diferentes terem sido elaboradas. As entidades levaram em consideração diversas questões, como deslocamentos, clima das cidades-sede e, principalmente, interesses comerciais das emissoras que vão transmitir o evento para os Estados Unidos e Europa.

Preparativos

Representantes da FIFA e da CBF estiveram reunidos durante toda a quarta-feira na sede da entidade máxima do futebol, em Zurique, na Suíça. Apesar das diversas polêmicas envolvendo a organização do Mundial e a relação com o governo brasileiro, nenhuma discussão oficial foi realizada hoje. Os dirigentes dos dois lados promoveram apenas um ensaio geral para o evento de amanhã, quando serão anunciados os calendários oficiais para a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo de 2014.

As datas e locais da competição serão anunciados pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, e o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em uma breve apresentação com duração de aproximadamente 15 minutos. Teixeira não participou dos ensaios realizados hoje e passou o dia em seu quarto no hotel Baur au Lac, no centro de Zurique.