Com dois de Torres, Chelsea goleia; Jonas marca, mas Valencia perde 

Jogando em casa, o Chelsea venceu o Genk, da Bélgica, por 5 a 0, com dois gols de Fernando Torres, e permaneceu na liderança do Grupo E da Liga dos Campeões. No outro jogo do grupo, o Bayer Leverkusen tomou um susto do Valencia, mas conseguiu vencer de virada por 2 a 1, na BayArena. O brasileiro Jonas abriu o placar para o time espanhol, mas os gols de Schürrle e Sam deram a vitória para os donos da casa.

Logo aos 8min de jogo, o Chelsea mostrou que não daria chances para o Genk. Raúl Meireles acertou um lindo chute e abriu o placar em Stamford Bridge. Logo depois, aos 11min, Fernando Torres marcou o segundo após receber passe de Lampard. Aos 27min, o espanhol fez o terceiro, após cruzamento de Raúl Meireles. No fim do primeiro tempo, aos 41min, Ivanovic aumentou a vantagem fazendo de cabeça, após cobrança de falta de Malouda.

Com o 4 a 0 no primeiro tempo, era de se esperar que o Chelsea diminuísse a velocidade no segundo, mas isso não aconteceu. Aos 27min, Kalou fez o quinto gol dos donos da casa, fechando a goleada.

Em Leverkusen, o Valencia começou surpreendendo. Mesmo jogando fora de casa, a equipe não se intimidou com a torcida na BayArena e partiu para o ataque. Com mais posse de bola e criando as melhores chances de gol, o clube espanhol abriu o placar aos 24min. O atacante Jonas, ex-Grêmio, recebeu passe de Soldado e bateu com o pé esquerdo para o fundo do gol.

Porém, no segundo tempo, a história foi outra. O time espanhol entrou sonolento em campo e o Leverkusen chegou ao empate com gol de Schürrle, aos 7min. Quatro minutos depois, os donos da casa conseguiram a virada com gol de Sam, para a alegria da torcida alemã.

Com os resultados, o Chelsea mantém a liderança do Grupo E, com sete pontos. Na segunda posição, vem o Bayer Leverkusen, com seis pontos. Mais atrás, está o Valencia, com dois pontos e, na lanterna, está o Genk, com apenas um ponto.

As equipes voltam a se enfrentar no dia 1º de novembro, com mandos invertidos.