Vulcão atrapalha voo, e Magnano adia encontro com Seleção

O técnico da Seleção Brasileira de basquete, Rubén Magnano, não vai embarcar para o Brasil nesta terça-feira para encontrar o elenco da equipe verde e amarela que disputará os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, como estava previsto anteriormente. Isso porque, as cinzas do vulcão Puyehue atrapalharam os voos que sairiam de Córdoba, Argentina, local em que se encontra o treinador atualmente.

Por isso, a Seleção, que tinha apresentação dos jogadores marcada para às 17h (de Brasília), em um hotel de São Paulo, irá seguir seu cronograma traçado sem a presença de Magnano.

O primeiro treino acontece no mesmo dia, no ginásio do Clube Atlético Paulistano, das 18h45 às 20h30, e será comandado por José Neto, membro da comissão técnica. A expectativa é que Magnano viaje ainda nesta quarta, ou no mais tardar quinta, de acordo com a assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Basquete.

O Brasil, que já garantiu vaga nos próximos Jogos Olímpicos de Londres, está no Grupo B dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara e estreia contra a equipe do Uruguai, no dia 26 de outubro, às 16h (de Brasília). O rival seguinte será os Estados Unidos, no dia 27, às 23h, enquanto o terceiro confronto será diante da República Dominicana, no dia 28, às 16h.