Sonnen recua sobre largar UFC, mas promete nova oferta para Anderson Silva

O provocador lutador americano Chael Sonnen, que prometeu abandonar o UFC caso perdesse para o brasileiro Anderson Silva, em uma eventual revanche, voltou atrás nas declarações. "Aquela proposta que eu fiz era boa, mas é como toda proposta: tem prazo limitado", disse Sonnen, em entrevista ao programa The Jim Rome Show.

"Tenho feito de tudo para convencê-lo a lutar, e, sim, eu teria cumprido minha palavra", assegurou o americano. Para ele, Silva está fugindo dos seus convites: "tudo que ele precisa fazer é aceitar. Mas ele faz exatamente o contrário. Ela vai para a imprensa e fala 'não vou lutar com esse cara'. Então o que posso fazer? Terei que achar uma nova oferta", prometeu.

A primeira luta entre os dois, vencida pelo brasileiro, por submissão, no UFC 117, ainda é questionada por Sonnen. Quando o entrevistador Jim Rome lembrou o resultado, o americano demonstrou indignação: "em quem você acredita, em mim ou nos seus olhos mentirosos? Eu posso sentir uma conspiração, melhor mudarmos de assunto", rebateu.

Atualmente, a revanche entre Sonnen e Anderson Silva é uma das lutas mais aguardadas do UFC e, em breve, deverá ocorrer. Nesta semana, o presidente do UFC, Dana White, afirmou que o duelo poderá acontecer no estádio do Dallas Cowboys, no Texas, que tem capacidade para receber 110 mil pessoas.