Mexicano derrota algoz de brasileiro e garante presença no pódio

A torcida mexicana fez festa nas quartas de final do taekwondo masculino dos Jogos Pan-Americanos de 2011. Nesta segunda-feira, em duelo pelas quartas de final da categoria até 80 kg, o local Uriel Adriano derrotou o americano Timothy Curry e garantiu a comemoração nas arquibancadas do Ginásio do Code II, em Guadalajara.

Algoz do brasileiro Douglas Marcelino nas oitavas de final, Timothy Curry foi facilmente dominado por Uriel Adriano nas quartas de final. Logo no primeiro assalto, o taekwondista da casa abriu 8 a 0 em grande sequência de chutes, fazendo com que os torcedores explodissem nos gritos de "México, México".

Curry reagiu no terceiro assalto e diminuiu a diferença para 8 a 3. Mesmo assim, o atleta mexicano encaixou mais dois golpe, fez 11 a 3 e viu nova festa com bandeiras no ginásio lotado. O americano fez seu quarto ponto, mas Adriano terminou o assalto em ampla vantagem de 13 a 7.

A cada ponto de Timothy Curry, vaias vindas das arquibancadas. A cada ponto de Adriano, festa, gritos e bandeiras. No terceiro assalto, a festa foi maior, e o atleta local venceu por 20 a 13. Assim, avançou às semifinais e garantiu ao menos a medalha de bronze, já que os atletas derrotas aos semifinais vão ao pódio com o terceiro lugar.

Classificado, Uriel Adriano decide uma vaga na final diante do venezuelano Carlos Vázquez. Em seus duelos anteriores, ele venceu Lenn Hypolite, de Trinidad e Tobago, e Carlos Liebig, do Chile.