Com arquibancadas vazias, Pan permite entrada sem ingresso, diz jornal

Muita gente não consegue mais comprar ingressos para o Pan-Americano de Guadalajara e mesmo assim várias provas têm sido realizadas diante de poucos torcedores. Para contornar a má impressão deixada pelas arquibancadas vazias, os organizadores abriram as portas do Complexo Nissan de Ginástica neste domingo, permitindo o ingresso de quem não tinha bilhetes. As informações são do jornal mexicano El Informador.

Segundo alguns voluntários ouvidos pelo diário, "muitas pessoas" entraram sem pagar para assistir às provas do conjunto geral da ginástica rítmica, que consagrou a equipe brasileira (formada por Dayane Amaral, Drielly Daltoe, Debora Falda, Luisa Matsuo, Bianca Mendonça e Eliane Sampaio) com o tetracampeonato. O objetivo foi preencher os espaços vazios nas arquibancadas que haviam sido bastante notados no sábado, na disputa individual da modalidade.

Conforme lembra a publicação, o Pan está imerso em um paradoxo. O Comitê Organizador dos Jogos (Copag) diz que pelo menos 80% dos ingressos já foram vendidos, e muitas pessoas não conseguem mais comprar entradas. Enquanto isso, muitos cambistas são vistos com ingressos disponíveis, o que vem gerando a indignação de alguns mexicanos no Twitter.