D'Alessandro faz dois e comanda virada do Inter contra o Avaí 

O Internacional venceu o Avaí por 4 a 2, no Estádio Beira-Rio, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Robinho e William, de pênalti, fizeram os o gols da equipe catarinense. No segundo tempo, D'Alessandro marcou duas vezes e Kléber e Nei deram a vitória para o Internacional.

O resultado aproxima o Internacional, agora com 47 pontos, da zona de classificação para a Libertadores. Já o Avaí perdeu a chance de ganhar pontos importantes na briga contra o rebaixamento.

O Internacional jogou a partida sem Índio, que, lesionado, deu lugar a Juan na zaga. No meio, Dorival Júnior optou por João Paulo no lugar de Ilsinho, que foi titular no empate com o São Paulo na última rodada. Além disso, o treinador pôde contar com o retorno do atacante Jô, que voltou de suspensão. Já o Avaí não pôde contar com o lateral Daniel, que tem contrato como clube gaúcho, e os meias Lincoln, suspenso, e Pedro Ken, que está lesionado.

O jogo

Jogando em casa, o Internacional partiu para cima nos primeiros minutos da partida. Aos 3min, o clube gaúcho deu o primeiro chute a gol com Andrezinho, batendo forte de fora da área, mas o goleiro Felipe fez a defesa com segurança.

Apesar do ímpeto inicial do time da casa, foi o Avaí que abriu o placar, aos 8min. Em contra-ataque, Cléverson passou por Juan na direita e cruzou rasteiro para Robinho, que tocou de letra para as redes, marcando um lindo gol.

Com a vantagem no placar, o Avaí se fechou na defesa, dificultando a criação de jogadas do Internacional. A equipe só voltou a levar perigo em jogadas de bola parada. Aos 26min, Andrezinho cobrou falta frontal com força e obrigou Felipe a fazer boa defesa, espalmando para fora.

Ainda no primeiro tempo, o Avaí perdeu o autor do seu gol. Robinho sentiu o tornozelo, tentou continuar na partida, mas acabou sendo substituído aos 39min pelo meia Leandrinho.

Logo depois da substituição o Internacional teve grande chance de empatar a partida. D'Alessandro recebeu dentro da área, ajeitou para o pé direito e chutou colocado, mas a bola passou à esquerda do gol do Avaí.

No segundo tempo, Dorival Júnior colocou o Internacional em campo com Oscar no lugar Andrezinho, tentando dar mais criatividade para a equipe. A equipe manteve a pressão do primeiro tempo e foi premiada com o gol de empate. Aos 7min, D'Alessandro cobrou falta frontal no canto direito do gol do Avaí e o goleiro Felipe não conseguiu fazer a defesa.

O Internacional manteve a pressão buscando o gol da vitória, enquanto o Avaí buscava criar chances de gol aproveitando os espaços deixados pela equipe gaúcha em contra-ataques.

Aos 22min, Dorival Júnior tirou Jô, único atacante de origem do time, e colocou Ilsinho no meio. A substituição foi criticada pelos torcedores presentes no Beira-Rio.

Pouco tempo depois, Leandrinho entrou na área, driblou Guiñazu e foi derrubado pelo volante do Internacional. O juiz marcou pênalti, que William converteu, colocando o Avaí novamente na frente no placar.

O time catarinense voltou a recuar e o Internacional conseguiu o empate novamente aos 32min com D'Alessandro. Dois minutos depois, o argentino deu passe para Kléber que marcou o gol da virada do Internacional.

O time gaúcho ainda teve tempo de ampliar a vantagem com Nei, cobrando falta com perfeição, aos 38min.

Ficha técnica

INTERNACIONAL 4 x 2 AVAÍ

GolsINTERNACIONAL:D'Alessandro, aos 7min e aos 32min, Kléber, aos 34min, e Nei, aos 38min do 2º tempoAVAÍ:Robinho, aos 8min do 1º tempo, e William, aos 26min do 2º tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kléber; Bolatti (Tinga), Guiñazu, Andrezinho (Oscar), João Paulo e D'Alessandro; Jô (Ilsinho)Treinador: Dorival Júnior

AVAÍ: Felipe; Arlan, Cássio, Gian e Fernandinho; Júnior Urso (Batista), Diogo Orlando, Bruno Silva, Cléverson (Rafael Coelho) e Robinho (Leandrinho); WilliamTreinador: Toninho Cecílio

Cartões amarelosINTERNACIONAL: KléberAVAÍ: Fernandinho, Júnior Urso e Felipe

Árbitro Wilson Luiz Seneme (SP)

Local Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)