Após empate com Santa Fé, Caio Jr. volta atenções para duelo com o Atlético-GO

O planejamento de Caio Júnior era claro e foi detalhado pelo treinador no decorrer da semana. A intenção foi a de poupar jogadores na partida com o Santa Fé, nesta quinta-feira, pela Sul-Americana, pensando em ter um time bem preparado para o jogo contra o Atlético-GO, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. 

O empate em 1 a 1 com os colombianos não abalou o treinador, que mantém sua linha de trabalho. "Eles tiveram uma estratégia de jogo de dar o campo ao Botafogo e depois pressionar. Isso nos causou dificuldades. Quando um jogador recebia a bola, era pressionado. Faltou termos mais posse de bola e virada de jogo. Podíamos ter vencido, mas está tudo em aberto. Na altura certa, vamos pensar na partida de volta, na Colômbia, na altitude, mas em um campo bom. O mais importante, agora, é o jogo com o Atlético-GO, difícil, com clima seco. Vamos treinar sábado em Goiânia para nos adaptarmos", antecipou, ainda sem saber qual será a estratégia na partida de volta na Sul-Americana.

"Na semana que vai anteceder a viagem para a Colômbia, vamos jogar fora de casa com o Santos quarta-feira, Avaí no sábado e Santa Fé na terça. Não adianta, quem muito quer não consegue nada. Vamos analisar quando estiver mais próximo. Temos que ter os pés no chão e o torcedor se orgulhar de brigarmos por título e Libertadores. Há um planejamento sério", explicou.

O técnico volta suas atenções para a preparação para a partida contra o Atlético-GO, na qual terá força máximo. O grupo alvinegro treina nesta sexta-feira no Stadium Rio e, em seguida, viaja para Goiânia.

Site do Botafogo