Suspenso, Mourinho teria usado tablet para dar instruções a auxiliar

Com um gol e uma assistência de Kaká, o Real Madrid venceu por 3 a 0 o Ajax na terça-feira, no Estádio Santiago Bernabéu, pela fase de grupo Liga dos Campeões da Europa. O duelo ficou em segundo plano para o jornal esportivo El Mundo Deportivo, de Barcelona, que acusou o suspenso José Mourinho de utilizar um tablet para se comunicar com seu auxiliar técnico, Aitor Karanka.

Mourinho recebeu uma suspensão de três partidas imposta pela Uefa em maio passado. Na ocasião, o treinador havia acabado de dar declarações bombásticas contra a arbitragem após o Real Madrid perder por 2 a 0 para o Barcelona em casa, pela primeira partida semifinal da Liga dos Campeões de 2010/11.

Nesta terça, o português cumpriu seu último jogo de punição, mas não respeitou as regras da entidade segundo o diário, que destacou: "Mourinho volta a rir da Uefa". O veículo apontou que o técnico, enquanto assistia ao duelo em um camarote do estádio, passou instruções para Karanka por meio de um tablet.

"Haverá uma nova sanção para o luso?", perguntou ainda o jornal, lembrando que o treinador do Arsenal, Arsene Wenger, foi punido por uma razão semelhante em agosto. O francês estava suspenso e mesmo assim passou informações via mensagens de celular a seu assistente Pat Rice durante o primeiro jogo da fase preliminar da Liga dos Campeões contra a Udinese. Como resultado, Wenger recebeu outras duas partidas de suspensão.