Manchester City suspende Tevez por até duas semanas 

Depois da suposta conduta antidesportiva contra o técnico Roberto Mancini durante a derrota por 2 a 0 para o Bayern de Munique, em duelo válido pela Liga dos Campeões da Uefa, o atacante Carlitos Tevez acabou suspenso por duas semanas pelo Manchester City nesta quarta-feira. O argentino não participará das ações do clube e treinará separado do grupo no período, ou até que a diretoria revise o castigo.

Tevez irritou o técnico Roberto Mancini por supostamente ter se recusado a entrar em campo no jogo contra o Bayern de Munique. O treinador chegou a dizer que o atleta não jogaria mais na equipe, mas a punição acabou sendo branda.

O jogador, que não pode se transferir para outra equipe de elite europeia até janeiro e nem voltar ao Brasil - o Corinthians fez proposta por ele recentemente - até que a janela de transferências seja aberta novamente, negou a recusa e disse que vai continuar tentando fazer seu melhor. Dependendo do comportamento do argentino, a punição de duas semanas será diminuída pelos ingleses.

Tevez já externou seu desejo de deixar o clube ao se dizer insatisfeito com a vida em Manchester, principalmente por estar com saudade da família, que reside em Buenos Aires. Preterido por Mancini desde o início da temporada 2011/2012, Carlitos está ainda mais chateado.

O atacante argentino está na mira do Limavady United, clube da segunda divisão irlandesa, para onde poderia se transferir. A equipe enviou um fax ao City solicitando o empréstimo do atacante, mas não deve obter sucesso na empreitada.