Náutico quer vitória contra ABC para se aproximar dos líderes

Para se recuperar da derrota sofrida diante do Paraná, na última sexta-feira, por 2 a 0, o Náutico recebe o ABC nesta terça-feira, às 20h30 (de Brasília), no Estádio dos Aflitos. Precisando vencer para não correr o risco de sair do G4 depois de dez rodadas consecutivas, jogadores e comissão técnica apostam na força da torcida para conseguir a vitória.

Dentro dos seus domínios, o time pernambucano tem o melhor aproveitamento como mandante do campeonato. Até agora foram 12 jogos, nove vitórias e três empates. Desempenho que deixa o Náutico como o único invicto em casa das Séries A e B. Para o zagueiro Marlon, o fato de jogar em casa será determinante para a equipe. "Vamos usar o fator casa para podermos voltar a vencer na Série B. Estamos confiantes e vamos em busca dessa vitória nos Aflitos", garantiu.

Para a partida contra a equipe potiguar, o treinador Waldemar Lemos não garantiu a equipe. Por ter um elenco que carece de peças de reposição, o comandante nunca escondeu a escalação do time titular. Porém, dessa vez só será conhecida momentos antes da partida. "Estou com dúvidas na lateral. Vou conversar com Jeff (Silva) para saber do atleta se ele tem condições de jogo", afirmou. Caso o treinador opte por deixar Jeff Silva fora do jogo, o escolhido será Aírton.

A lateral esquerda do Náutico tem sido um problema durante a temporada. Jeff e Aírton alternaram momentos como titular durante toda a temporada. Mas com a chegada de Waldemar Lemos, Aírton perdeu espaço no time. Apesar das mudanças afetarem o entrosamento do time, a torcida está confiante de que Aírton possa ajudar o clube.

"Jeff é um bom jogador por ser muito esforçado e que tem muita garra. Mas Aírton também é muito bom, possui mais qualidades de jogo, o que deve dar ao Náutico uma boa opção", falou Pedro Clericuzi, torcedor alvirrubro e estudante de Direito.

Como a lateral esquerda é a única dúvida do técnico, o Náutico deve ir a campo com: Gideão; Peter, Marlon, Ronaldo Alves e Aírton (Jeff Silva); Éverton, Elicarlos, Derley e Eduardo Ramos; Rogério e Kieza.