Manaus anuncia obra para melhorar mobilidade urbana em 2014

A Prefeitura de Manaus anunciou, nesta terça-feira, o edital para a construção do Sistema Bus Rapid Transit (BRT) uma das obras que vão tentar melhorar a mobilidade dentro da cidade para a Copa de 2014. O edital foi publicado nos diários oficiais de Município e da União dando possibilidade a empresas de todo o país de participarem do certame.

Por meio de nota, expedida pela Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), o prefeito Amazonino Mendes diz que a "concorrência vai seguir rigorosamente a Lei de Licitação nº 866/93 para que haja total transparência no processo de contração", mesmo com a aprovação da lei 12462/2011 que permite terem as obras destinadas à Copa 2014 regime especial, como é o caso do BRT.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), todo o processo licitatório deverá ter o acompanhamento do Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e Tribunal de Contas da União.

A previsão da prefeitura é de que a "conclusão do processo licitatório deve ocorrer até o início de novembro e a previsão para assinatura do contrato com a empresa vencedora deverá ser feito até dezembro de 2011". Ressalta, porém, que os prazos podem sofrer alterações. O projeto básico da obra prevê um custo de R$ 290 milhões e um prazo de conclusão de 24 meses após o início das edificações.

O Sistema Bus Rapid Transit (BRT) utiliza veículos sobre rodas (ônibus articulados ou bi-articulados) e, segundo a Prefeitura de Manaus, é o sistema de transporte público mais difundido em todo o mundo, e o que tem apresentado melhores resultados, tanto em capacidade de transporte quanto em custo de implantação, superando o metrô por ter o custo mais elevado o que "extrapola qualquer condição econômica e financeira que possa ser suportada pelo município de Manaus", diz a nota.

O projeto aprovado prevê a construção de 22km de anel viário que interligará, 20 estações e 3 terminais com modais de velocidade média operacional 25km/h, tipo de veículo articulado e bi-articulado. A capacidade máxima é de 270 passageiros por veículo.

Serão 22km de Corredor Exclusivo suprindo uma grande área da cidade de Manaus. O corredor do BRT terá pistas exclusivas por onde circularão ônibus com capacidade diversa a serem utilizados conforme os horários de pico, devidamente controlados por sistema informatizado. O valor da operação de crédito a ser contratada é de R$ 290.667.405,54.