Guadalajara tem atrasos em complexos esportivos a dias do início do Pan

A poucos dias do início dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, alguns complexos esportivos ainda não estão prontos. O atraso nas obras é real e foi confirmado por Carlos Miranda, administrador do Complexo Esportivo Revolución.

Miranda mencionou ao Terra que uma data extraoficial foi prevista para que os complexos estejam prontos: 30 de setembro. Ele também disse que em 10 de outubro, a quatro dias da inauguração dos Jogos, serão montadas, no Complexo Esportivo Revolucíón, os símbolos oficiais do Pan-Americano.

"Extraoficialmente devem ficar prontas em 30 de setembro, mas há algumas coisas que vão atrasar. No dia 4 chegam os atletas para treinar, portanto, as coisas tem de estar prontas", disse.

"Temos que montar a área de logística e treinamentos. No dia 10 de outubro já se deve montar a parte oficial dos Jogos, mas seguimos com atrasos, está atrasado o tênis e a pelota basca. O ginásio de usos múltiplos está 70% pronto, assim como o de hóquei", contou.

O Terra teve acesso ao Complexo Esportivo Revolución, lugar onde se encontram várias das sedes do Pan, como o Estádio Pan-Americano de Hóquei, o Patinódromo Pan-Americano e o Ginásio de Múltiplos Usos, e pôde constatar que ainda falta muito para os locais ficarem ideais para o uso dos atletas.

O local que mais chama a atenção é o Complexo Pan-Americano de pelota basca, que ainda não tem nem piso acabado. Outro complexo que ainda precisa de trabalho é o Ginásio de Múltiplos Usos, onde serão disputados badminton e esgrima. O Estádio de hóquei também apresenta atrasos, mas pelo menos o gramado já foi colocado.

Assim, em menos de duas semanas estas sedes devem estar prontas. As autoridades confiam que assim seja, embora as instalações digam o contrário.