Luxemburgo se irrita com desfalque de Ronaldinho e dispara contra CBF

Irritado com a perda de Ronaldinho, o técnico Vanderlei Luxemburgo soltou o verbo contra a CBF, organizadora do calendário do futebol brasileiro. O jogador, por conta de convocações, vai ficar fora de pelo menos três jogos do Flamengo, dos treze que ainda restam na competição.

O jogador também não joga neste sábado contra o América-MG, porque está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

"Está errado isso aí. Tem que encontrar uma solução, o Flamengo e os grandes clubes investem e acabam ficando sem seus jogadores em momentos importantes. Tem que se encontrar uma solução que não prejudique os times e nem a Seleção Brasileira", disse o treinador da equipe rubro-negra.

"A televisão é quem mais paga para os clubes e numa hora dessas é prejudicada. Imagina um Flamengo e Santos sem Ronaldinho de um lado e Neymar do outro. É prejuízo", declarou o técnico.

Pressionado por conta de um jejum de dez partidas, Luxemburgo decidiu esconder a escalação do time para o encontro com o América-MG. Ele não terá Alex Silva e Ronaldinho, suspensos, e Willians, com lesão na coxa.

O Flamengo atravessa o pior jejum de vitórias do clube na história do Campeonato Brasileiro e atualmente ocupa a sexta colocação no torneio, com 38 pontos.