Especulado no Anzhi, C. Ronaldo não descarta futuro na Rússia

Uma oferta milionária do futebol da Rússia não seria vista com maus olhos por Cristiano Ronaldo. O atacante português ainda está longe de deixar o Real Madrid, mas não descarta se transferir ao país no futuro.

Segundo o jornal russo Sportbox, o Anzhi Makhachkala, clube que contratou o camaronês Samuel Eto'o no fim de agosto, está disposto a fazer uma proposta que aumentaria sensivelmente o salário de Cristiano Ronaldo. Atualmente o astro recebe cerca de 1 milhão (R$ 2,3 milhões) por mês.

Em resposta, o português afirmou ao mesmo veículo que está atento ao fortalecimento do Campeonato Russo e que "de maneira alguma" rechaçaria a ideia de disputar a competição. Mas uma transferência não viria agora, já que o jogador se disse sentir "muito confortável" no Real Madrid.

Para tirar Eto'o da Internazionale, o Anzhi gastou 27 milhões de euros (quase R$ 63 milhões). Com um salário estipulado em 20 milhões de euros por ano (R$ 46,5 milhões), o atacante se tornou o jogador mais bem pago do mundo.

A equipe russa, que conta com os brasileiros Roberto Carlos, Jucilei, Diego Tardelli e João Carlos, teria tentado contratar também o técnico José Mourinho. De acordo com a imprensa espanhola, o treinador do Real Madrid receberia 25 milhões de euros (R$ 58 milhões) anuais, mas recusou a proposta.