Djokovic dedica título do US Open aos pais e à equipe

O sérvio Novak Djokovic, que conquistou na segunda-feira o título do Aberto dos Estados Unidos, dedicou a vitória aos pais e aos membros de sua equipe, que segundo ele são os reponsáveis por este grande momento.

Djokovic, 24 anos, derrotou na final do US Open o espanhol Rafael Nadal (6-2, 6-4, 6-7 (3/7), 6-1) e conquistou pela primeira vez o Aberto de Nova York, seu terceiro Grand Slam do ano e o quarto da carreira.

"Tem sido um ano incrível, mas acredito que estas vitórias foram conquistadas pelo apoio dos meus pais, da minha família e da minha equipe, e um bom planejamento dos torneios que devia jogar na temporada", afirmou o sérvio, que tem 64 vitórias e duas derrotas no ano, com 10 títulos, sendo três de Grand Slam e cinco de Masters 1000.

"Devo muito a meus pais, porque acredito que fizeram um grande trabalho ao me criar e apoiar durante toda a carreira, e a outras pessoas que sempre estiveram ao meu lado", completou Djokovic.

"Este é um esporte individual. Posso entrar na quadra e ganhar ou perder por mim mesmo, e talvez receba o crédito total ou toda a culpa, mas na realidade é a equipe, a família, o apoio, todos ao seu redor", completou.