Começa o Tour do Timor-Leste sobre Promoção da Paz

Cerca de 450 pessoas estão participando do Tour do Timor-Leste. A prova de ciclismo para promover a paz já se tornou uma tradição do país de língua portuguesa, no sudeste da Ásia.

Desta vez, participam também 15 funcionários das Nações Unidas que trabalham na Missão Integrada da organização, Unmit.

Praias

O Tour do Timor é considerado uma das corridas mais difíceis do circuito internacional por causa da topografia timorense. O país é coberto de montanhas e elevações. Mas neste ano, os participantes irão testar sua resistência em praias e outros terrenos.

Durante a prova, que deve durar seis dias, os ciclistas irão percorrer 500 km de distância.

O evento foi aberto pelo presidente timorense, José Ramos Horta, e por membros do governo do país liderado por Xanana Gusmão.

Toby Lanzer, um dos integrantes da Missão da ONU, que está competindo na prova disse que realizou uma rotina intensa de treinos nos últimos três meses para encarar o Tour do Timor.

A corrida foi inaugurada em 2009, e a cada ano apresenta novidades aos participantes incluindo mudanças no grau de dificuldade das provas.