Guerrón desequilibra, Atlético-PR vence e Fla aumenta jejum

Em partida eficiente, o Atlético-PR foi até Macaé e venceu o Flamengo por 2 a 1, deixando a vice-lanterna da competição e aumentando a crise do clube carioca, que não vence no Campeonato Brasileiro há 8 jogos.

Logo no início do jogo já se percebia a tônica da partida. O visitante Atlético-PR montou duas linhas de quatro para parar Ronaldinho e companhia, e na frente Antônio Lopes escalou os velozes Guerrón e Rodriguinho.

Mesmo com a forte marcação o Flamengo teve suas chances, principalmente nas bolas paradas. Renato Abreu, aos 4min, chutou forte no travessão. Posteriormente Ronaldinho cobrou escanteio fechado exigindo uma bela defesa de Renan Rocha, salvando o gol olímpico.

Com a necessidade da vitória, o Flamengo deixava espaços lá atrás e a defesa, contestada pelos constantes erros, não conseguia segurar as investidas paranaenses. Aos 39min, Guerrón fez linda jogada pela esquerda, entrou na área e rolou a bola; Heracles chutou de esquerda no canto, sem chance para Felipe, abrindo o placar. No fim do primeiro tempo o torcedor flamenguista vaiou o time.

Para a etapa complementar o Flamengo alterou duas vezes. Vanderlei Luxemburgo tirou Deivid e Luiz Philipe e colocou Jael e Negueba, respectivamente. Mas antes dessas alterações surtirem efeito, Guerrón deu um drible desconcertante, por debaixo das pernas, em Welinton e deu uma cavadinha na saída do goleiro, ampliando o marcador no primeiro minuto do segundo tempo.

Pouco inspirado com a bola no pé, o Flamengo teve que abusar das bolas paradas, levando perigo com as cobranças venenosas de Ronaldinho. Aos 19min, em cobrança de escanteio do meia, Thiago Neves cabeceou com força, mas Deivid salvou em cima da linha. Aos 24min, o protagonista Guerrón deu uma entrada dura, e como já tinha cartão amarelo, foi expulso.

Sem o seu puxador de contra-ataque e com um jogador a menos, o Atlético-PR se retrancou e deixou a reação carioca ainda mais difícil. Porém, em novo escanteio, Ronaldinho cruzou, Diego Maurício ajeitou com a mão e Welinton fuzilou com o pé esquerdo, aos 39min, alterando o placar.

Faltando poucos minutos, a equipe carioca partiu para o desespero e abusou do chuveirinho, não conseguindo alcançar o empate.

Com o resultado, o Flamengo cai para a sexta posição, com 36 pontos, enquanto o Atlético sobe para 18º, com 22 pontos. Na próxima rodada o Flamengo enfrenta o Botafogo, enquanto o Atlético recebe o Figueirense na Arena da Baixada.

Ficha técnica

FLAMENGO 1 x 2 ATLÉTICO-PR

Gols

FLAMENGO: Welinton, aos 36min do segundo tempoNINGUEMATLÉTICO-PR:Heracles aos 39min do primeiro tempo e Guerrón, no primeiro minuto do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar (Diego Maurício); Luiz Philipe (Negueba), Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid (Jael)Treinador: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha, Edilson, Manoel, Rafael Santos, Heracles, Deivid, Renan, Marcelo Oliveira (Fransérgio) e Marcinho; Guerrón e Rodriguinho (Adaílton) (Gustavo Araújo) Treinador: Antônio Lopes

Cartões amarelos

FLAMENGO: Leonardo Moura

ATLÉTICO-PR: Guerrón (2x)

Árbitro Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)