Nakamura se vinga de compatriota e leva ouro no Mundial

Em reedição da final do Mundial de Tóquio, em 2010, a judoca japonesa, Misato Nakamura vingou-se e venceu a favorita ao título, Yuka Nishida, conquistando a medalha de ouro na categoria até 52 kg no segundo dia de disputa do Mundial de Judô, realizado no Palais Omnisports de Bercy, em Paris. Melhor do mundo na categoria, Nishida teve dificuldades e não conseguiu bater novamente a compatriota. Nakamura conseguiu um youko e garantiu o vitória ao término dos 5min de combate.

Misato Nakamura, segunda colocada no ranking e medalhista olímpica em Pequim 2008 (bronze), chegou à decisão ao bater as judocas Lea farhat, do Líbano, Kelbet Nurgazina, do Cazaquistão, a norte-coreana Kum Ae Na e a rússa Natalia Kuzyutina. Na decisão, a japonesa superou a compatriota na e ficou com o ouro.

Na semifinal, Yuka Nishida, líder do ranking, venceu por ippon a romena Andreea Chitu - algoz da brasileira Érika Miranda, que foi desclassificada ao ser punida por ter agarrado a perna da adversária enquanto buscava o ataque (este tipo de artifício só é permitido como forma de defesa).

Pela disputa do bronze, Andreea Chitu frustrou a torcida francesa e venceu com um yuko (no golden score) a judoca Priscilla Gneto, que atuava em casa. Na segunda disputa, a espanhola Ana Carrascosa bateu a portuguesa Joana Ramos, por ippon, para também alcançar o pódio.